CRITÉRIOS DE CERTIFICAÇÃO

1. O produtor deverá ser associado da BSCA e ter a propriedade certificada.
2. O associado deverá enviar uma amostra de 2kg do lote a ser certificado à BSCA.
3. A BSCA codificará esta amostra, enviará 200g a 3 classificadores (escolhidos por sorteio dentre o quadro de classificadores da BSCA) e ao responsável técnico da BSCA. O restante da amostra deverá ficar arquivado no laboratório da BSCA.
4. Os quatro classificadores avaliarão as amostras quanto ao tipo, cor aspecto, peneira e torra. Se a amostra for reprovada em qualquer um destes requisitos, ela será invalidada e não seguirá para o teste de grãos torrados e moídos.
5. A avaliação dos Grãos torrados e moídos é feita pelos mesmos classificadores por pontuação de 1 a 8 nos aspectos, bebida limpa, doçura, acidez, corpo, sabor, gosto remanescente e balanço geral, subtraindo-se os defeitos e somando 36. Para ser certificado o café deverá obter pontuação maior ou igual a 80 e nenhum parâmetro igual a zero.
6. As amostras aprovadas recebem o certificado BSCA e o próprio produtor paga pela emissão deste certificado.
7. O certificado é entregue ao produtor, que o repassa para o comprador (cliente) do lote de café certificado juntamente com o café.
8. O produtor que certificou o lote deverá informar à BSCA a empresa compradora do lote certificado, bem como a quantidade vendida e país de destino.
9. O comprador do lote de café certificado poderá adquirir selos do controle de rastreabilidade do processo de certificação BSCA. A BSCA fará a separação dos selos, de acordo com o peso das embalagens de venda (136g, 250g, etc), na proporção de 50 Kg por saca (devido à perda de peso durante a torra).

BSCA - Brazil Specialty Coffee Association
______________________ BSCA - Brazil Specialty Coffee Association
Telefones: [35] 3212-4705 / [35] 3212-6302
E-mail: info@bsca.com.br

Alliance for Coffee Excellence SCAA SCAE Specialty Coffee Association of Japan Cafés do Brasil Apex